top of page

Moradores do interior do Amapá mostram infestação de Besouros



Moradores do interior do Amapá mostram infestação de Besouros

Registros foram feitos na noite deste domingo (7)e manhã desta segunda-feira (8). Segundo especialista, vários fatores podem contribuir para a infestação do inseto. Um deles, é o movimento de cópula em grupo. Moradores do interior mostram infestação de Besouros


A infestação de besouros foi registrada e compartilhada nas redes sociais por moradores do município de Amapá, distante cerca de 303 quilômetros de Macapá, durante a noite deste domingo (7)e manhã desta segunda-feira (8).


Os vídeos mostram que centanas de insetos tomaram ruas e calçadas das casas. O fato curioso, chamou atenção dos moradores. (veja vídeos)


O g1 conversou com a aposentada Maria do Carmo Quaresma, ela afirma que teve a calçada e a casa invadida pelos insetos.


“Eu tava na igreja né, tenho uma filha deficiente e aí a igreja foi invadida, chegando em casa, a mesma coisa. Aí, a gente varria, enchia balde e jogava fora e mesmo assim, não foi possível dar conta de tirar todos os insetos. Eu nem dormi, com medo por conta da minha filha também”, relata a aposentada.


Segundo o biólogo, Manoel Garcia Júnior, Doutor em Biodiversidade Tropical e professor da Universidade do Estado do Amapá (Ueap), os besouros são organismos decompositores da área florestal e a infestação deles no interior do Estado pode estar associada a vários fatores, como o movimento de cópula.


“Pode ter sido um movimento de cópula sincronizado por todo o grupo. Outro fator que pode ter contribuído com isso, são as fontes luminosas da cidade, que no interior da floresta esses organismos ficam mais parados, devido a falta de luminosidade, pois a referência luminosa que eles tem é somente a lua. Nesse caso, os refletores podem ter atraído esse grupo e causado essa infestação, então são diversos fatores”, explica.

Moradores do interior do Amapá mostram infestação de Besouros

No vídeo, registrado durante a noite, os moradores mostram a quantidade de insetos no local. Foi possível utilizar uma pá, para retirar o excesso.

Ainda segundo o especialista, é comum no início do ano, aparecer insetos em maior número, por conta do inverno amazônico.

“O ambiente vai estar mais propício a reprodução, ao deslocamento desses organismos em busca de um novo local de identificação, é bem comum ocorrer nesse período”, finaliza o biológo.

Infestação de besouros no município de Amapá

Rede social/divulgação



Comments


bottom of page