top of page

A Europa está suspeitando que os vazamentos de gás registrados nos gasodutos Nord Stream 1 e 2, que


vazamentos de gás registrados nos gasodutos Nord Stream


A Europa está suspeitando que os vazamentos de gás registrados nos gasodutos Nord Stream 1 e 2, que conectam os campos russos à Alemanha, foram causados por um ato de sabotagem.

INVESTIGAÇÕES INICIAIS SOBRE VAZAMENTO DE GÁS NO NORD STREAM REVELAM INDÍCIOS DE SABOTAGEM, DIZEM AUTORIDADES EUROPEIAS

O incidente ganhou as manchetes na web, após a divulgação de imagens aéreas das forças armadas da Dinamarca que revelaram a extensão do vazamento.

Mais de 24 horas depois, as autoridades europeias levantam indícios iniciais de que o acidente teria sido resultado de uma sabotagem. Para a primeira-ministra da Dinamarca, Mette Frederiksen, por mais que ainda não esteja claro o que causou as explosões, o vazamento é resultado de “ações deliberadas”. Já o premier da Polônia, Mateusz Morawiecki, foi mais enfático e classificou o caso como “um ato de sabotagem”.

A chefe da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, concordou que os vazamentos foram causados por sabotagem e alertou para a “resposta mais forte possível”.


A Agência de Energia Dinamarquesa declarou que as rachaduras nos gasodutos não são pequenas e que os danos à linha foram muito grandes. Ao todo, foram identificados dois vazamentos no Nord Stream 1 – que está fora de operação desde o início do mês. A Europa acusa a Rússia de usar o gás como arma geopolítica. O Kremlin, por sua vez, alega que só será possível terminar de realizar uma manutenção de segurança na linha se as sanções ocidentais forem retiradas.


Há ainda um terceiro vazamento, desta vez no Nord Stream 2 – projeto que sequer a entrar em operação, mesmo após a conclusão de suas obras.

20190613. Folkemødet i Allinge på Bornholm. Photo: News Øresund - Johan Wessman © News Øresund - Johan Wessman (CC BY 3.0). Detta verk av News Øresund är licensierat under en Creative Commons Erkännande 3.0 Unported-licens (CC BY 3.0). Bilden får fritt publiceras under förutsättning att källa anges. .


The picture can be used freely under the prerequisite that the source is given. News Øresund, Malmö, Sweden News Øresund är en oberoende regional nyhetsbyrå som är en del av det oberoende dansk-svenska kunskapscentrat Øresundsinstituttet..

Imagens e vídeos divulgados pelos militares dinamarqueses mostraram uma enorme área de gás borbulhando na superfície do Mar Báltico.

O maior distúrbio tem um diâmetro de mais de um quilômetro, disseram os militares, e o menor cobre cerca de 200 metros. A Rede Sísmica Nacional Sueca disse que duas “prováveis explosões” foram registradas na área dos vazamentos de gás.

A primeira foi às 2h03 de segunda-feira, antes de uma segunda às 19h03.

“Ainda é muito cedo para concluir, mas é uma situação extraordinária.

Há três vazamentos e, portanto, é difícil imaginar que o que está acontecendo seja uma coincidência”, apontou a primeira-ministra da Dinamarca.

Nesta quarta-feira, o ministro da Defesa da Dinamarca, Morten Bodskov, viajará a Bruxelas para se encontrar com o chefe da Otan, Jens Stoltenberg, para discutir os vazamentos de gás.

Na Rússia, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, chamou a notícia de “muito preocupante” e disse que nenhuma opção deve ser “descartada agora“, incluindo sabotagem.

“Esta é uma questão relacionada à segurança energética de todo o continente“, disse Peskov.

Já o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, foi mais cauteloso ao apontar a possibilidade de um ataque premeditado ao gasoduto.

“Há relatos iniciais indicando que isso pode ser resultado de um ataque ou algum tipo de sabotagem, mas são relatos iniciais e ainda não confirmamos isso”, disse durante entrevista coletiva.

“Mas se for confirmado, isso claramente não é do interesse de ninguém”, acrescentou.

Com 1.200 km de extensão, o Nord Stream 1 tem capacidade para transportar até 170 milhões de metros cúbicos de gás por dia (ou 55 bilhões de metros cúbicos por ano).

A Rússia foi acusada de manipular suprimentos depois de ser atingida por seis sanções da UE após a guerra na Ucrânia.

As vazões atingiram 20% da capacidade máxima no verão antes do fechamento total da linha.

O Nord Stream 2, que foi construído em paralelo ao gasoduto original, deveria dobrar a capacidade total do sistema para 110 bilhões de metros cúbicos anuais, mas o projeto, que atraiu duras críticas da Polônia, dos países bálticos e da Ucrânia, nunca recebeu autorização.

INVESTIGAÇÕES INICIAIS SOBRE VAZAMENTO DE GÁS NO NORD STREAM REVELAM INDÍCIOS DE SABOTAGEM, DIZEM AUTORIDADES EUROPEIAS

Fonte: website https://petronoticias.com.br/


Rússia quer que Conselho de Segurança da ONU peça inquérito sobre explosão da NordStream

Tubos do gasoduto NordStream 2 no Mar Báltico, que não são usados, são vistos no porto de Mukran, na Alemanha, em 30 de setembro de 2022. REUTERS/Fabian Bimmer


NAÇÕES UNIDAS, 17 Fev (Reuters) - A Rússia quer que o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas peça uma investigação independente sobre os ataques de setembro aos gasodutos Nord Stream, que conectam a Rússia e a Alemanha, que lançaram gás no Mar Báltico.

A Rússia deu ao conselho de 15 membros na sexta-feira um projeto de resolução, visto pela Reuters, que pediria ao secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, que estabelecesse uma investigação internacional sobre a "sabotagem" e identificasse quem era o culpado.

O vice-embaixador da Rússia na ONU, Dmitry Polyanskiy, disse que o objetivo é colocar o texto em votação dentro de uma semana. Uma resolução do conselho precisa de pelo menos nove votos a favor e nenhum veto dos Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, China ou Rússia para ser aprovada.

Isso significa que uma votação pode coincidir com as reuniões da Assembleia Geral da ONU e do Conselho de Segurança para marcar o primeiro aniversário da invasão de Moscou à Ucrânia. A Assembleia Geral de 193 membros provavelmente votará na quinta-feira para exigir novamente que Moscou retire suas tropas e pedir a suspensão das hostilidades.

Fonte: website Reuter News World

Notícias do Brasil e do mundo, sobre política, economia, inovação, emprego, educação, saúde, meio ambiente, agricultura, tecnologia, ciência, cultura e veículos.

Jornal TV 📺 Brasil 🇧🇷

brasil@jornal.net.br

Jornal WhatsApp

11 99923-2580

inovando sempre !

nosso foco é inovação


Comentarios


bottom of page